UTAD promoveu campo de férias no âmbito do programa “Ciência Viva no laboratório”

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) recebeu estudantes do 9.º ano do Ensino Básico, do Ensino Secundário e do Ensino Profissional, que participam no “Ciência Viva no Laboratório – Criar Futuro 2022”.

Este programa de estágios de verão foi promovido em mais de meia centena de instituições de todo o País, com o objetivo de promover o ensino experimental das ciências e atrair os mais jovens para carreira científica.

No Centro de Investigação e Tecnologias Agroambientais e Biológicas (CITAB) os alunos foram  à descoberta  do ADN de variedades antigas. No departamento de Física tiveram a oportunidade de conhecer a aerodinâmica (desde a experimentação à simulação) e a eletromecânica.

Patrícia Poeta, docente e investigadora da UTAD, orientou um grupo de alunos que abordaram o tema :”Microbiologia aplicada à resistência dos antibióticos”, tendo desafiado os jovens, por exemplo,  a isolar e identificar as  bactérias e a  estudar a resistência aos antibióticos.

A professora referiu que os alunos conheceram a UTAD e a cidade de Vila Real e o estágio vai permitir decidir melhor quais as áreas científicas que querem escolher no futuro.

 Gonçalo Torrão do Porto, aluno do 10º ano, e Bruna Piloto de Faro gostaram da experiência.

No programa Ciência Viva no Laboratório na UTAD participaram alunos oriundos de Alijó, Chaves, Coimbra, Faro, Lisboa, Porto.

Menu