Camionista desaparecido desde segunda-feira após acidente na A4 junto a Murça

Um camionista de 45 anos está desaparecido desde segunda-feira à tarde, após se ter despistado na A4. Naquela tarde, cerca das 16H, o camião ficou imobilizado e tombado, junto à saída  de emergência da A4 na zona de Murça. 

Na câmara de vigilância que se encontra no local e que pertence à Infraestruturas de Portugal, é possível ver o motorista, que é natural de Guimarães, a sair pelo seu próprio pé, não aparentando ferimentos, dirigindo-se para a zona de mato que rodeia a auto-estrada.  

Ao que tudo indica, o camião saiu do Porto com destino a Barcelona, viagem que era feita com regularidade por Ângelo Fernandes. A empresa está sediada na zona do Porto.

Desde então que a GNR tem vindo a efetuar algumas buscas, mas até agora sem sucesso. Segundo O Major Lima da GNR de Vila Real, os militares efetuaram várias buscas tanto nos arredores de onde ocorreu o acidente como também em aldeias vizinhas, mas sem sucesso.

Entretanto, os familiares do motorista já apresentaram uma queixa pelo seu desaparecimento ,sendo que agora a Polícia Judiciária irá também entrar em ação para tentar saber do paradeiro do homem.

Recorde-se que no ano passado, no mês de junho um camionista de Vila Real também desapareceu em França, após ter abandonado o camião em que seguia numa estação de serviço. Apareceu dias depois, perto do local de onde desapareceu, tendo referido às autoridades que não se recordava do que tinha acontecido ao longo daquelas horas.  

 

Sónia Domingues

Menu