Vila Real vai criar hospital campanha com 150 camas para doentes com Covid-19

Aguardam- se ainda os resultados dos 75 testes aos utentes e funcionários do lar de Sª das Dores

A comissão de Proteção Civil Municipal de Vila Real reuniu esta tarde onde foi feito o ponto da situação relativamente ao que está a ser feito no combate à pandemia da Covid-19 no concelho de Vila Real.

Rui Santos, presidente da Câmara e presidente da Proteção Civil Municipal, referiu que continua a aguardar pelos resultados dos 75 testes aos utentes e funcionários do Lar Nª das Dores.

Depois da evacuação do Lar uma força especial do exército, com elementos de defesa Biológica, Química e Radiológica, vai ser responsável pela desinfeção das instalações.

Rui Santos congratulou-se pelo facto do Laboratório do Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro passar a incluir a rede Nacional de diagnóstico da Covid-19. No entanto o autarca manifestou preocupação com a eventual falta de reagentes.  O autarca referiu ainda que vai ser instalado um novo centro de testes privado em Vila Real, que vai permitir a realização de testes prescritos pelos profissionais de saúde, autorizando assim que os suspeitos de infeção por Covid 19 possam ser testados fora do CHTAMD.

Nesta comissão de proteção civil foi ainda salientado o papel de fiscalização das forças de segurança. A GNR de Vila Real deteve dois indivíduos por não cumprimento da quarentena obrigatória.

A Comissão de Proteção Civil analisou hoje também a possibilidade de instalar um hospital de campanha com 150 camas disponíveis, que pode aumentar a capacidade à medida das necessidades.

Foi ainda decidido criar uma Bolsa de Voluntários, a autarquia vai criar uma plataforma digital para congregar assim todos os que queriam ser voluntários contra o Covid 19.

Menu