Vila Real assina protocolo com APA para reparar danos dos incêndios rurais

Notícias, Vila Real

A autarquia de Vila Real e a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) assinaram um protocolo que vai permitir reparar os danos dos incêndios do verão de 2022.

Recorde-se que em agosto um incêndio, com início em Samardã, consumiu cerca de 5800 hectares de floresta e mato na Serra do Alvão.

Com o convénio agora celebrado o município de Vila Real terá 750 mil euros, financiado a 100% pelo Fundo Ambiental, para mitigar os efeitos dos incêndios, nomeadamente na vertente hídrica.

Rui Santos, presidente da Câmara de Vila Real, lembrou que os incêndios provocam danos não só em termos ambientais como económicos e turísticos. O autarca frisou a importância do contrato programa assinado com a APA para as linhas de água.

 O autarca espera contar com a APA para outras medidas de apoio à vertente hídrica, nomeadamente na recuperação da rede hidrográfica do concelho.

Pimenta Machado, vice-presidente da APA, tem como expectativa que as intervenções necessárias vão estar concluídas até ao final deste ano de 2023.

Até ao final do ano a autarquia de Vila Real vai dispor de 750 mil euros, financiado a 100% pelo Fundo Ambiental, para mitigar os efeitos dos incêndios de agosto passado, nomeadamente no aspeto  hídrico.

Menu