Seis mil euros de multa por desobediência à quarentena

Os quatro emigrantes que foram detidos ontem pela PSP de Chaves por desobediência à quarentena, vão ter de pagar multas entre os 1.800 euros e os 6.000 euros.

Esta foi a decisão do Tribunal Judicial de Chaves que decretou que dois emigrantes, empresários da construção civil, tivessem que pagar 6 mil euros cada e os outros dois emigrantes, trabalhadores dos empresários, vão pagar 1.800 euros.

Os quatro emigrantes alegaram que estavam em Ribeira de Pena de quarentena, numa casa alugada para o efeito para protegerem as famílias, mas ontem ausentaram-se de casa para fazer compras, tendo apenas um deles saído do carro e estava devidamente protegido com luvas, mascaras e gel desinfetante.

Menu