Rui Santos vai apresentar queixa ao Ministério Público por notícia falsa

Rui Santos, presidente da Câmara de Vila Real, anunciou hoje que vai fazer uma queixa à Entidade Reguladora da Comunicação Social e ao Ministério Público pela tentativa de o envolverem na notícia de buscas efetuadas pela Polícia Judiciária na passada sexta feira à UTAD.

O autarca garante que não foi alvo de buscas domiciliárias e que foi abordado pela Polícia Judiciaria sobre se tinha material informático referente à sua passagem de oito meses pela administração da UTAD. Rui Santos lamenta que alguns órgãos de comunicação social tenham “de forma maliciosa” aproveitado para o envolver.

Rui Santos vai apresentar uma queixa crime contra os órgãos de comunicação social que na sua opinião tentaram denegrir a sua imagem, questionado ainda porque não foram mencionados quem fez parte dos órgãos da instituição à altura dos factos agora analisados pela Polícia Judiciária.

O presidente da Câmara de Vila Real não poupa críticas aos jornalistas e aos órgãos de comunicação social que não averiguaram e divulgaram com correção a notícia.

Rui Santos anunciou hoje que vai apresentar uma queixa ao Ministério Público e a Entidade Reguladora da Comunicação Social contra os órgãos de comunicação social que o envolveram na investigação que a Polícia Judiciária está a fazer tendo por base suspeitas de desvio de verbas de propinas de alunos brasileiros, referente aos anos de 2004 e 2013.

Menu