Protesto esta manhã à Porta do Pingo Doce contra salários baixos

O Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços realizou esta manhã em Vila Real, frente ao Pingo Doce , uma ação de protesto que pretendeu dar a conhecer  à  população as condições de trabalho e a discriminação salarial dos trabalhadores dos supermercados.

Marisa Ribeiro, coordenadora da direção regional do Porto, Vila Real e Bragança do Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços, refere que para 31 de janeiro está previsto um dia de greve “para lutar contra o banco de horas e a redução do valor pago pelo trabalho extraordinário.”

Para a sindicalista os patrões, ao longo destes anos, têm arrastado o processo negocial para manter os salários baixos e ao mesmo tempo conseguirem lucros cada vez maiores.

 O sindicato não aceita a redução do valor pago pelo trabalho suplementar e a imposição de regime de banco de horas, estando previsto para o final do mês um dia de greve nacional nas empresas de grande distribuição.

Menu