Polícia Judiciária deteve suspeito de incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, deteve um homem, de 68 anos, suspeito de ter ateado um incêndio em área florestal, na localidade de Ponteira, em Montalegre.

O incêndio, ocorrido no dia 22 de fevereiro de 2020, cerca da 13h00, consumiu área de mancha florestal constituída, maioritariamente, por mato e pinheiro bravo.

O foco de incêndio colocou em perigo uma vasta mancha florestal, constituída por mato e povoamento de pinheiro bravo, de valor consideravelmente elevado.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Menu