Peso da Régua: CPCJ aprovou plano local de promoção e proteção dos direitos das crianças e jovens

A CPCJ de Peso da Régua recebeu  um distintivo de reconhecimento pela conclusão do Plano Local de Promoção e Proteção dos Direitos das Crianças e Jovens, no âmbito do Projeto Adélia, um projeto desenvolvido a nível nacional pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos das Crianças e Jovens.

 A cerimónia contou com a presença de Maria José Lacerda, vice-presidente da Câmara Municipal de Peso da Régua, Pedro Lopes, presidente da CPCJ, Eduardo Pinto, presidente do Conselho Local de Ação Social do Peso da Régua e de Nazaré Loureiro, representante do Projeto Adélia da Comissão Nacional.

Pedro Lopes, presidente da CPCJ de Peso da Régua, referiu que este é um instrumento de trabalho que tem como missão contribuir para a melhoria da ação na área da infância e juventude no concelho do Peso da Régua. Destacou o facto de ser um documento amplamente participado, que envolve todas as entidades, que no concelho do Peso da Régua têm competência em matéria de infância e juventude e os parceiros que integram a Rede Social concelhia. Dirigindo-se à representante do Projeto Adélia da Comissão Nacional – Nazaré Loureiro, agradeceu o gesto simbólico que teve para com a Câmara Municipal do Peso da Régua.

Por sua vez, Nazaré Loureiro congratulou a Comissão pela persistência ao longo destes dois anos de pandemia, considerando que foi uma “aposta ganha”. Referiu que foi um trabalho em equipa multicolaborativo e multidisciplinar, sendo um “pontapé de saída” para o trabalho que se segue.

Maria José Lacerda, vice-presidente da Câmara Municipal de Peso da Régua, agradeceu a resistência da Comissão Alargada da CPCJ a estes ciclos que foram gerados pela pandemia e felicitou o resultado do trabalho desenvolvido, destacando a participação das Escolas e de todos as entidades envolvidas na sua execução, de modo que fosse um documento participado e próximo da realidade infantojuvenil concelhia.

De referir ainda que a elaboração deste documento contou com a exímia participação do Projeto CLDS 4G do Peso da Régua.

CI_CMPR

Menu