“Mão viva” assinala a importância de lavar bem as mãos

O Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro vai realizar na próxima terça-feira, dia 7 de maio, nos Paços do concelho de Vila Real, uma “mão viva”.

Trata-se de uma iniciativa que tem como finalidade assinalar o “Dia Mundial de Higiene das Mãos” e sensibilizar os profissionais e o público em geral da importância da lavagem das mãos.

Esta “mão viva” vai também ser realizada nas cidades de Chaves e de Lamego onde existe uma unidade hospitalar do CHTMAD.

Este dia internacional foi criado pela Organização Mundial da Saúde e chama a atenção para a importância da higienização das mãos.

“O simples e rápido ato de lavar as mãos com sabão impede em 40% a incidência de infeções tais como a diarreia, gripe, resfriado, erupções e doenças de pele, dores de garganta, infeções no ouvido e estômago. Muitos fungos e germes se acumulam nas mãos e são facilmente transmitidos a outras pessoas.

Além de prevenir e atenuar as infeções, o hábito de lavar as mãos com sabão fomenta a segurança de pacientes, profissionais e de todas as pessoas com as quais se convive no dia-a-dia. Foi apenas no século XIX que se concluiu que a lavagem das mãos por parte dos médicos evitava mortes e contágios”.

Menu