Histórico. João Almeida termina Giro em quarto lugar — é a melhor posição de um português na prova

Desporto, Notícias

Português conclui o contrarrelógio com o tempo de 17m57 e sobe a quarto na geral.

O corredor de A-dos-Francos (Caldas da Rainha) consegue alcançar o quarto lugar da classificação geral, superando a quinta posição de José Azevedo em 2001 — quando conseguiu o quinto lugar, com outro ‘top 10’ para Acácio da Silva, que foi sétimo em 1986.

O português de 22 anos, que liderou a prova durante 15 dias, ascendeu do quinto ao quarto lugar ao registar o quarto melhor tempo na etapa, ultrapassando o espanhol Pello Bilbao (Bahrain-McLaren), que ficou a 12 segundos, e assegurou a melhor classificação de sempre de um luso na Volta a Itália.

A edição deste ano da Volta a Itália foi ganha pelo britânico Tao Geoghegan Hart. Após um contrarrelógio de 15,7 quilómetros, conquistado pelo italiano Filippo Ganna (INEOS), que somou quatro triunfos nesta edição, o britânico Hart, de 25 anos, conseguiu a maior vitória da carreira ao bater o australiano Jai Hindley (Sunweb), que chegou ao último dia na liderança com menos de um segundo de vantagem para o adversário.

Hart, que fechou o ‘crono’ em 13.º e vence também a classificação da juventude, sucede ao equatoriano Richard Carapaz como campeão do Giro, com Hindley a 39 segundos, no segundo lugar, e o holandês Wilco Kelderman (Sunweb) no terceiro, a 1.29 minutos. João Almeida ficou a 2.57 do vencedor.

Menu