GNR apreende meios de caça proibidos em Alijó

Notícias, Região

O Comando Territorial de Vila Real, através do Núcleo de Proteção do Ambiente de Vila Real, apreendeu meios proibidos de caça, no concelho de Alijó.

Na sequência de uma fiscalização ao exercício da caça, os militares da Guarda Nacional Republicana detetaram laços com um engodo, destinados a atos furtivos de caça grossa, sendo um método proibido de caça não diferenciando a espécie, o seu porte, nem a sua idade. Esta atividade constitui ainda um perigo para as espécies protegidas, animais domésticos e inclusivamente para pessoas.

No decorrer da ação foram apreendidos cinco laços em aço e um bidão de plástico contendo no seu interior óleo queimado para atrair animais.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Alijó.

A GNR relembra que no exercício do ato venatório é proibida a caça de espécies não cinegéticas, a caça em terrenos cobertos de neve, com exceção de espécies de caça maior (ex.: javali, veado, etc.), o abandono dos animais que acompanham o caçador, bem como a captura ou destruição dos ninhos, dos ovos e crias de qualquer espécie. Estas práticas são tipificadas na lei como crimes.

Menu