EMARVR sensibiliza para a deposição correta dos “Monstros”

A EMAR Água e Resíduos de Vila Real continua com a sua campanha de sensibilização e informação sobre a deposição dos resíduos Urbanos de Grandes Dimensões.

Assim criou uma exposição que mostra uma serie de situações que ilustram o abandono de eletrodomésticos, colchões ou sofás, uma mostra que está em itinerância pelo concelho a fim de alcançar o maior número de pessoas.

A EMARVR, em colaboração com a Empresa FCC, lançou uma campanha sob o lema “Monstros Abandonados”,  com o objetivo de alertar a população para reter os seus objectos volumosos até ao dia da recolha, mantendo o concelho limpo. Para o efeito, serão desenvolvidos vários suportes de divulgação como Outdoors, colocados em locais estratégicos da cidade de Vila Real, Mupis em alguma  paragens de autocarro, Cartazes a distribuir pelas juntas de freguesia, divulgação nas redes sociais, flyers com a calendarização  das datas  de deposição, campanhas de rua, festas de verão em algumas aldeias do concelho e divulgação através da fatura da EMARVR.

Neste contexto, esclarece-se que “Monstros Domésticos” são os objetos velhos, fora de uso, de grande volume e peso. São provenientes das habitações e pelas suas características não podem ser recolhidos pelos meios habituais de remoção.

Estes resíduos são da responsabilidade de quem os produz e devem ser mantidos em sua posse até à data de recolha. Não será esta a imagem insalubre de monstros abandonados que os moradores da zona pretendem para o local e acreditamos que nem os próprios prevaricadores. Por conseguinte apela-se ao sentido cívico de cada um para mantermos o concelho limpo.

Existem dias definidos para a recolha deste tipo de resíduos, consoante o local de residência, nomeadamente:

 Circuito Urbano: 1x/mês – 1ª segunda-feira de cada mês (deverão colocar o monstro ao lado do contentor, na noite do dia anterior).

Circuitos Rurais: 1x/2 meses – 1ª semana dos meses par (deverão colocar o monstro ao lado do contentor, na noite do dia anterior)

Em situação de urgência, deve entregá-lo no ecocentro, situado no Aterro em Andrães.

Menu