Diocese de Vila Real realizou primeira conferência do Ciclo “Aprofundar raízes”

A diocese de Vila Real, no âmbito da realização do Centenário da sua criação, que ocorre a 20 de abril de 2022, iniciou uma série de conferências sob o lema “Aprofundar as Raízes”.

A primeira decorreu na passada sexta-feira, através de plataformas digitais, e debruçou-se sobre o primeiro bispo da diocese, D. João Evangelista de Lima Vidal, tendo sido oradora Cláudia Pires.

D. António Augusto Azevedo, atual Bispo da diocese, abriu este ciclo de conferências apresentando-as como um “revisitar” das figuras, acontecimentos significativos, instituições e dinamismos que marcaram este século de vida da diocese de Vila Real.

Falando do sentido da presente iniciativa, afirmou: “não se trata apenas de um exercício de memória para as gerações mais velhas nem de mero conhecimento histórico necessário para as gerações mais novas, mas de uma tomada de consciência comum das nossas raízes que nos unem e nos trouxeram ao presente daquilo que somos e vivemos”. E acrescentou: “o relembrar da história permitir-nos-á conhecermo-nos melhor, mas também ajudar a perceber melhor e tomar consciência do que o presente nos pede e o futuro nos desafia”.

A investigadora convidada, Cláudia Pires, apresentou a vida e a obra de D. João Evangelista, primeiro bispo da Diocese, estruturando a conferência em três momentos: a pessoa e o pastor, o bispo missionário e o projeto pastoral. Fica aqui uma síntese da mesma, em forma de nota biográfica, e a conferência está disponível on-line nos canais da diocese.

Com D. João Evangelista escreveu-se o primeiro capítulo da história da diocese de Vila Real. Foi sucedido por D. António Valente da Fonseca.

 A próxima conferência está agendada para 12 de fevereiro às 21h sobre o segundo bispo de Vial Real.

Menu