Dia Internacional da Mulher e Raparigas na Ciência foi assinalado ontem

O Dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência foi assinalado ontem, 11 de fevereiro, e pretendeu chamar a atenção para o acesso pleno da participação na ciência de mulheres e raparigas e alcançar a igualdade de género na ciência.

A propósito desta efeméride a UFM ouviu Edna Cabecinha, investigadora da UTAD. Para esta cientista do Centro de Investigação e tecnologias Agroambientais e Biológicas a Mulher está a assumir um papel de maior relevância na ciência conciliando com a vida familiar e social.

Para Edna Cabecinha a investigação no feminino está a ser cada vez maior devido à desmistificação e ao fim do preconceito, tendo contribuído as ações de sensibilização nas escolas e nos órgãos de comunicação social.

A Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro de 2015 decretou que 11 de fevereiro fosse o dia Internacional das Mulheres e Raparigas na Ciência.

Menu