Derrota à porta fechada depois de confrontos na bancada

Na 16ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Feminina (Zona Norte A), a equipa de seniores femininos da A.D.C.E. Diogo Cão, recebeu no seu pavilhão o Valongo.

Era mais um jogo, e em que nada alterava a classificação para o acesso à fase seguinte da equipa visitante e à A.D.C. E. Diogo Cão o acesso à taça nacional. No entanto, e logo com cerca de 5 minutos de jogo do 1º quarto, deu-se o que menos se esperava, confrontos físicos nas bancadas entre os adeptos das duas equipas.

Chamada a polícia ao local, pela equipa de arbitragem, foi dada ordem de saída do pavilhão de todos os adeptos, de ambas as equipas, e recomeçar o jogo à porta fechada.

Dirigentes da A.D.C. E. Diogo Cão afirmaram que “foi um momento muito desagradável e fora do contexto desportivo a que não estamos habituados a presenciar no nosso recinto desportivo”.

 Tudo isto se refletiu no jogo e em todas as três equipas que o compõem.

Em comunicado a equipa da A.D.C.E. Diogo Cão refere que “É com alguma tristeza que o espetáculo do desporto, na formação e não só, está cada vez mais comprometido e corrompido pela falta de ética desportiva de todos, sendo essencial repensar as leis que abrangem a violência no desporto e acima de tudo criar uma “consciência desportiva” naqueles que são responsáveis por transmitir os principais valores de uma sociedade que os está a perder a cada jogo.”

 Na próxima jornada a Diogo Cão vai defrontar o B.C. Vila Real, o último jogo do campeonato e o derby da cidade.

Será no pavilhão da Escola Morgado de Mateus pelas 21h, sábado dia 16 de março.   

Menu