Covid-19: Estado de Calamidade entra em vigor amanhã

Esta sexta feira termina o Estado de Emergência e Portugal entra no Estado de Calamidade.

Desde 15 de março que o Governo está a implementar um plano de desconfinamento. Este fim de semana já pode circular entre concelhos sem restrições, um fim de semana com o feriado de 1 de maio Dia do Trabalhador e o dia da Mãe no domingo.

A partir de amanhã os restaurantes, cafés e pastelarias poderão ter o máximo de seis pessoas por mesa no interior e 10 pessoas na esplanada, com o horário de funcionamento todos os dias até às 22h30.  Os bares e discotecas continuam encerrados.

Os espetáculos culturais podem decorrer até às 22h30.

A partir de amanhã todas as lojas e centros comerciais podem estar de portas abertas até às 21h durante a semana, e aos fins de semana e feriados até às 19 h.

Casamentos e batizados podem decorrer até 50% da lotação dos espaços. O exercício físico em grupo ao ar livre já pode ser praticado sem restrições, no entanto, ainda continua a ser proibido público nos Estádios e eventos desportivos.

As fronteiras vão abrir já amanhã.

Os supermercados podem vender bebidas alcoólicas sem limitação de horário, mas o consumo de álcool na via pública continua a ser proibida.

O acesso às praias vai ser como no ano anterior, tendo em conta as distâncias entre toalhas.

Medidas aplicadas em quase todo o país até ao final de maio, excepto nos concelhos onde o risco de contágio de SARS-COV2 ainda é eminente, e  a avaliação passa a ser semanal. Na região transmontana o concelho de Miranda do Douro vai continuar a aplicar as medidas da 3ª fase de desconfinamento.

Menu