Comandante da Cruz Branca reafirma que equipa de bombeiros no Túnel do Marão tem poucos elementos

O Comandante dos Bombeiros Voluntários da Cruz Branca, Orlando Matos, reafirma que a equipa em permanência no Túnel do Marão continua a ser insuficiente, exigindo ainda formação específica para os seus bombeiros.

Durante a cerimónia de celebração dos 123 anos da Corporação o comandante mostrou a sua preocupação quanto à falta de avaliação do serviço prestado.

 Orlando Matos continua a defender que os oito elementos da Cruz Branca em permanência no Túnel do Marão são insuficientes, por exemplo tendo em conta a “rotatividade necessária”.

Orlando Matos refere que a sua corporação continua à espera de um veículo específico para a intervenção dentro do Túnel do Marão.

Entretanto, o Comandante da Cruz Branca, Orlando Matos referiu ainda que o comando trabalha diariamente para dar melhores condições aos voluntários, acrescentando que gostaria de aumentar as equipas de prevenção permanente.

Os bombeiros da Cruz Branca em Vila Real celebraram os 123 anos de existência, e hoje em reunião de câmara o executivo de Vila Real aprovou um subsídio suplementar de 30 mil euros para a aquisição de equipamento.

Menu