Club de Vila Real arrecada vitórias

Desporto, Notícias

No passado fim-de-semana o Club de VILA REAL teve várias provas em disputa, para além das classes de formação, já com sucesso reconhecido ao longo dos anos, junta agora as equipas seniores, a disputar a 2ª Divisão Nacional de Seniores Femininos e com prova da equipa Seniores Masculinos Challenger.

Sendo um clube com forte aposta na formação, aliás o CLUB é “fornecedor” de atletas aos vários clubes da região e continua a manter os níveis elevados de competição, é o único clube vilarealense, dos 4 existentes no concelho, com equipas desde iniciados até seniores, quer masculinos, quer femininos, com resultados desportivos assinaláveis. Embora ainda não alcançando ainda os resultados de outros clubes nacionais, mas que se baseiam no poder económico, que o CLUB de VILA REAL ainda não obteve e por isso tem de sustentar-se no trabalho empenhado dos seus treinadores.

TORNEIO DE VISEU – Formação

A Cidade de Viseu recebeu o Torneio da localidade e a comitiva do CLUB de VILA REAL deslocou-se em grande número, em autocarro, situação pouco habitual na modalidade de ténis de mesa, onde o número de atletas é quase sempre reduzido, mas que o CLUB tem contrariado.

No primeiro dia de prova, os 15 atletas do CLUB, desde iniciados até cadetes, passaram quase todos ao mapa final, à exceção de 2 atletas a quem saiu a fava do arranjo da fase de grupo. Feito que parece simples face ao que o CLUB já habituou.

No mapa final os atletas foram passando as sucessivas rondas, atingindo as fases finais da prova, com o destaque para a equipa de iniciados masculinos com a obtenção do 3º lugar por equipas. No plano individual o atleta Bruno Barros chegou às meias finais, depois de ter eliminado o candidato à vitória no torneio, tendo perdido na meia final por 3-2, num jogo muito disputado e muito equilibrado que poderia ter dado a vitoria ao atleta vilarealense.

No Domingo, estando em prova atletas infantis e juniores, o CLUB manteve o ritmo, dos 13 atletas presentes apenas 1 não passou aos mapas finais, mas porque no jogo decisivo perdeu pela margem mínima, 3-2.

De qualquer forma, as vitórias foram-se sucedendo, com vários atletas nos 16 primeiros, Adriana Friães (atleta ainda cadete) Igor Kyrichenko (junior), Bruno Barros (ainda iniciado e jogar por infantis) Diogo Catarino, Vasco Carvalhais (11º), Guilherme Alvadia (8º) e João Morais a chegar ao 6º lugar.

Coletivamente a equipa de infantis masculinos foi a segunda melhor, arrecadando mais um pódio para o CLUB.

Neste torneio a equipa de Juniores Femininos apenas contou com a Adriana Friães pois as restantes atletas tiveram que disputar mais uma jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão de Seniores Femininos.

Terminado o Torneio de Viseu o CLUB de VILA REAL continua a somar pódios, com destaque para o coletivo, mas também com vários valores individuais, com uma certeza, o grupo de atletas é abrangente e todos se apresentam em bom nível competitivo, razão pela qual as passagens aos mapas finais são sempre alcançadas pelos muitos atletas do CLUB. Um sinal do sucesso da escola de formação, que treina todos os dias no centro escolar da araucária, das 18:30 às 20horas e está aberta sempre para quem pretenda iniciar-se na modalidade ou experimentar este desporto.

CAMPEONATO NACIONAL 2ª DIVISÃO SENIORES FEMININOS

Este fim de semana disputou-se mais uma jornada do Campeonato Nacional, a oitava. O CLUB de VILA REAL recebeu a formação do G.D. Toledos, da ilha do Pico nos Açores. A formação Açoreana, mais experiente nestes campeonatos e com atletas mais velhas procurava a vitória na partida e apresentou-se com o seu melhor plantel.

O CLUB de VILA REAL procurava mais uma vitória para consolidar a posição de 5º Classificado na tabela classificativa.

Ambas as formações apresentaram as suas melhores atletas nas formações de pares para o primeiro jogo, com as vilarealenses a vencer e a deixar o resultado a favor do CLUB. As insulares conseguiram o empate na partida seguinte mas voltaram as vilarealenses à posição de vencedoras nas partidas seguintes, 2-1 e finalmente 3-1, o que garantia a vitória. No derradeiro jogo as insulares ainda venceram, sem contudo alterar o clube vencedor, fixando o resultado final em 3-2 para a turma vilarealense.

O CLUB de VILA REAL continua deste modo a somar vitórias, com um grupo de atletas coeso de constituído apenas por atletas da sua escola de formação.

Segue em 5º lugar na classificação geral, sendo que o objetivo é ficar nas 7 primeiras posições, uma vez que é o único clube deste campeonato que está pela primeira vez nesta competição feminina.

SENIORES MASCULINOS – CLUB V.R./PETROCERVA – DE NOVO NO TOPO

No passado sábado, o CLUB voltou a estar presente num torneio Challenge, desta feita organizado pela A.C.R. Valdágua (Ovar). Nesta prova fez-se representar pelos seus mesatenistas Mário Morais, Joaquim Barbosa e Luís Pereira, estes últimos, 2 dos seus mais recentes reforços para a corrente época, respectivamente ex Espinho e ex Sporting.

Nos respectivos grupos de qualificação Mário Morais não logrou a passagem para o mapa final apesar das boas prestações em termos de espectáculo, tendo, para muitos dos presentes, a sua partida frente a Helder Sousa (Orfeão Valadares) sido considerada a mais espectacular do torneio, tendo-se decidida a 5º jogo, com todos os parciais por diferença de 2 pontos ou nas vantagens.

Por outro lado, o nosso ex Sportinguista Luís Pereira seria o vencedor do Grupo E, depois de muito trabalho, tendo vencido Jorge Canela (C.A.T.M. Espinho) por 3-1 e Miguel Martins (Pirescôxe) por 3-2. Muito difícil, ganhando um lugar no mapa final em que nos 1/8 de final eliminou Rui Vicente (E.D.P. Lisboa) por 3-1, sem apelo nem agravo, uma vingançazinha, no bom sentido, sobre o adversário que no anterior open das Caldas da Rainha, o tinha eliminado da prova por 3-0. Seria afastado da prova pelo Edgar Nunes (Top Spin Sintra) finalista vencido do torneio.

Luís Pereira arrecadaria o trofeú de 6º classificado. Joaquim Barbosa, com entrada directa no mapa final, foi afastado pelo Tiago Penedos (E.D.P. Lisboa) um jogador de ataque muito forte que ganhou por 3-0 mas com parciais muito nivelados: 11-9, 11-9 e 11-8. A medalha inerente ao 13º classificado do torneio foi pertença deste nosso jogador.

Colectivamente o CLUB repete o 4º lugar conseguido no anterior open da Caldas. Mais uma taça para o palmarés deste grupo que vai crescendo.

Texto Clube de Vila Real

Menu