Cinco mil pessoas voltarão a ter uma agência bancária no Norte do Concelho de Vila Pouca de Aguiar

Na sequência do encerramento do balcão da Caixa Geral de Depósitos em Pedras Salgadas, trinta aglomerados urbanos do norte do concelho ficaram sem agência bancária. Agora, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar vai ceder um imóvel para a instalação de uma agência bancária em Pedras Salgadas.

Os cinco mil habitantes residentes e os milhares de emigrantes das sete freguesias afetadas irão voltar a ter uma referência bancária nesta zona com a abertura da Caixa Económica Montepio Geral.

Foi aprovado por unanimidade em reunião de Câmara o contrato de comodato entre o Município de Vila Pouca de Aguiar e a Caixa Económica Montepio Geral.

O presidente da Câmara de Vila Pouca de Aguiar, Alberto Machado referiu que o Município tudo fez para que a agência da Caixa Geral de Depósitos não encerrasse. Depois, o autarca enveredou todos os esforços para que o norte do concelho tenha uma agência bancária e o banco Montepio foi ao encontro dessa pretensão que, agora, poderá ser bem-sucedida caso tenha adesão pela população.

O contrato é celebrado pelo prazo de cinco anos com início no mês de março de 2019. Ambas as entidades têm responsabilidade na preparação e conservação da loja situada na avenida Lopes de Oliveira, junto à entrada do parque termal.

Devido a esta medida a Loja Interativa de Turismo irá mudar de instalações para o edifício da antiga estação CP, localizada junto à Estrada Nacional 2.

Menu