Chaves reivindica berço de Camões

Notícias, Região

A cidade de Chaves vai acolher nos próximos dias 6 e 7 de março um encontro temático sobre a “Vida, obra e mito: Camões por Chaves”, umas jornadas que vão decorrer no Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso e que pretendem fomentar a discussão sobre as origens de Luís Vaz de Camões, analisando a memória cultural da cidade flaviense em torno deste vulto da literatura portuguesa.

O vereador da Cultura da Câmara de Chaves, Francisco Melo, refere que é comum entre os flavienses a ideia de que Camões terá nascido no concelho e estas jornadas pretendem contribuir para a discussão cerca do local de nascimento do poeta.

Este encontro pretende também ser o embrião dos Percursos Literários de Camões, um projeto que a autarquia de Chaves e o Centro de Estudos Camonianos da Universidade de Coimbra querem realizar. Uma Rota, que inclui todos os locais por onde Camões passou, que pretende homenagear o escritor.

Chaves faz parte da história e mitologia que acompanham Camões, razão pela qual a autarquia flaviense “pretende aflorar a temática com os maiores especialistas nesta área”, que estarão dois dias naquele concelho para analisar o conhecimento já adquirido sobre as origens do poeta.

Menu