Câmara de Vila Real investiu cerca de 2,25 milhões de euros em duas infraestruturas educativas

O segundo período do ano letivo que arrancou no passado dia 10 janeiro ficou marcado, em Vila Real, pela abertura do Centro Escolar de Lordelo, que tem oito salas para o 1º ciclo do ensino básico e três salas para o ensino pré-escolar.

O vereador do pelouro da educação, Alexandre Favaios, destacou que o regresso dos alunos à escola foi com “normalidade”, e que o Centro Escolar de Lordelo está adaptado às realidades atuais, reforçando a oferta de qualidade existente no concelho.

O responsável pela área da educação do município de Vila Real sublinhou o aproveitamento das antigas instalações da Escola Superior de Enfermagem para este novo centro escolar, num investimento de 1 milhão e 350 mil euros.

Também a comunidade escolar de Prado-Ferreiros, freguesia de Borbela, recomeçou a atividade letiva de forma diferente uma vez que a escola foi sujeita a obras de beneficiação, para além da requalificação dos espaços interiores e exteriores existentes, foi construído um novo Pavilhão de Serviços com um alpendre, uma sala polivalente, um refeitório e uma biblioteca. Foi ainda criada uma nova entrada principal com percursos cobertos de ligação a todas as áreas, assim como, dois novos parques infantis e rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida.

Menu