Bairro Social de Parada de Cunhos, Canil Intermunicipal e CHTMAD foram alguns dos temas debatidos na Assembleia Municipal de Vila Real

A última Assembleia Municipal de Vila Real aprovou, para além do empréstimo para as obras de remodelação do mercado municipal, um outro empréstimo que vai ser aplicado na criação de melhorias no Bairro Social de Parada de Cunhos.

A beneficiação das casas deste aglomerado habitacional, que foi construído num local bastante húmido, vai passar pela eficiência energética criando melhores condições de vida aos seus moradores, reduzindo ainda a sua fatura de eletricidade e aquecimento.

Rodrigo Sá, porta voz da bancada do PS, refere que desta forma fica demonstrada a atenção do executivo camarário de Vila Real a Parada de Cunhos contrariamente ao que a oposição vem anunciando.

A beneficiação do bairro de Parada de Cunhos está orçada em mais de um milhão de euros sendo o empréstimo agora autorizado de 380 mil euros.

Nesta sessão da assembleia municipal Patrick Alves da bancada do CDS-PP chamou a atenção para a situação cada vez mais débil do Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro, que cada vez tem menos recursos humanos e técnicos. O porta voz do CDS-PP na Assembleia chamou ainda a atenção para o hospital de dia em psiquiatria estranhando as notícias da sua inauguração, Patrick Alves refere que este anúncio de uma nova valência, é “ o confundir reabilitação física de um espaço com a abertura de uma nova valência e denota o total desnorte que vive o CHTMAD”.

No período antes da ordem do dia Vasco Amorim porta voz da bancada do PSD chamou a atenção para a situação complicada em que se encontra o canil intermunicipal, onde a lotação está lotada e os animais estão sem o mínimo de condições, isto por falta de uma gestão cuidada daquela estrutura que pertence a CIM Douro.

Nesta assembleia municipal de Vila Real foi ainda aprovada a celebração de um contrato programa para 2019 com a empresa Municipal de Vila Real Social.

Menu