Autarquia de Lamego reabilita zona ribeirinha do Bairro da Ponte

Notícias, Região

O Município de Lamego está a requalificar a zona ribeirinha do Bairro da Ponte, de modo a dar maior atratividade turística e gerar novas dinâmicas nesta zona histórica da cidade.

As obras já estão a ser executadas no terreno, num investimento que ascende a 790 mil euros,  contando com o apoio de fundos comunitários, através do Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (PROVERE), financiado pelo NORTE 2020.

Outrora uma das zonas mais empreendedoras e fervilhantes da cidade, o Bairro da Ponte é, neste momento, uma zona envelhecida e com várias habitações degradadas.

A intervenção da autarquia, junto ao rio Balsemão, pretende dar uma nova vida a esta zona histórica, tornando-a um espaço nobre, com uma linha de água requalificada.

Ao mesmo tempo, estimulará o gosto dos moradores e dos visitantes pelo contacto com a natureza, pelo desporto ao ar livre, pela preservação do património natural e pela sensibilização ambiental.

“Esta intervenção era urgente e muito aguardada pelos moradores e antigos moradores do Bairro da Ponte. Acredito que a criação de um novo Parque de Lazer neste local vai incentivar o aparecimento de novas atividades económicas pelos privados, em especial ligadas ao turismo e aos saberes e produtos tradicionais. O potencial existe e é enorme”, explica o Presidente Francisco Lopes.

A criação do novo Parque de Lazer engloba a construção de um edifício com bar, esplanada, instalações sanitárias, balneário e arrecadação. Além disso, os visitantes vão ter à disposição uma zona de merendas, um parque infantil e um campo de jogos. Com vista a uma melhor integração com a área envolvente, serão utilizados no exterior o granito e a madeira como principais materiais de construção.

O novo investimento municipal terá ainda como projeto complementar o “Caminho dos Monges”, uma iniciativa intermunicipal desenvolvida pelas autarquias de Lamego e Tarouca, que percorre o antigo caminho, que os Monges de Cister faziam desde o Mosteiro de São João de Tarouca até ao Douro.

CI_CML

Menu