Antropólogos Ibero-americanos vão debater na UTAD o presente e o futuro da Humanidade

A Universidade de Trás-os-Montes e Ato Douro (UTAD) recebe de 28 a 31 de julho de 2020 o VI Congresso Internacional de Antropologia da “Associação de Antropolólogos Iberoamericanos em Rede” (AIBR).

Organizado por um grupo de antropólogos da UTAD, do CETRAD (Centro de Estudos Transdisciplinares para o Desenvolvimento) e do DESG (Departamento Economia, Sociologia e Gestão), o evento vai trazer a Vila Real “conhecimento, interculturalidade, animação e cerca de meio milhão de euros de impacto na economia local”.

Sob o lema “Humanidade: unidade e diversidade”, o objetivo é “reconhecer a diversidade como o que nos conecta e que nos liga como seres humanos”.  A Antropologia é uma ciência social que estuda o ser humano e trabalha (na prática profissional e na sua aplicação) com a diversidade social e cultural, com o intuito de ajudar a resolver problemas humanos e a construir quadros de convivência interculturais, pelo que este Congresso é uma oportunidade para debater e refletir estas ligações.

A UTAD venceu a candidatura para a realização deste evento no anterior congresso, realizado na Universidade Autónoma de Madrid (Espanha), e este evento servirá também para lançar um pós-doutoramento em Antropologia na UTAD.

A AIBR é uma das maiores associações de Antropologia social e cultural no mundo, com mais de 1000 associados, e costuma reunir nos seus congressos cerca de 800 pessoas. Esta Associação tem uma revista científica “AIBR -Revista de Antropologia Iberoamericana” que é considerada uma das revistas de Antropologia mais reconhecidas internacionalmente.

Menu