Abertura das Fronteiras – autarcas querem medidas urgentes para revitalizar a economia.

As fronteiras entre Portugal e Espanha estão encerradas e vão manter-se assim até pelo menos 15 de junho, no âmbito da situação pandémica que se vive.

 O autarca de Chaves, Nuno Vaz, defendeu, no entanto, a livre circulação de pessoas dentro da Eurocidade Chaves-Verin. Esta abertura iria permitir revitalizar a economia das duas cidades.

Também o autarca de Montalegre, Orlando Alves, espera pela abertura da fronteira no seu concelho
A preocupação dos autarcas levou o deputado socialista Ascenso Simões, eleito por Vila Real a questionar o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, sobre esta matéria.

O parlamentar diz que foi informado que em relação a Montalegre haverá uma reabertura nos próximos dias, o mesmo acontecendo em Barrancos.

 No caso da Fronteira de Chaves, a situação já é mais complicada, estando a ser estudada uma solução.

O controlo das fronteiras ibéricas está a ser feito desde 16 de março e vai vigorar, em princípio, até 15 de junho.

Menu