Abatimento de pista obriga a fecho de aeródromo de Vila Real

O abatimento de uma parte da pista do aeródromo de Vila Real vai obrigar ao encerramento da pista por tempo indefinido.

A informação inicial foi disponibilizada pela empresa Sevenair, detentora da companhia Aerovip, que assegura as ligações aéreas entre Vila Real e Portimão e que adiantava que a pista iria abrir a 15 de agosto. No entanto, em conferência de imprensa, a autarquia diz que o mais provável é que não abra este ano, uma vez que as obras são extensas, para drenar a linha de água que existe naquele local.

Rui Santos, presidente da câmara, diz que o montante das obras deverá ultrapassar os 350 mil euros o que irá implicar o lançamento de um concurso público.

Quanto aos aviões médios, estacionados no aeródromo para combate a incêndios, tudo indica que deverão ser deslocados para aeródromos próximos.

Menu