AAUTAD lamenta autorização de ruído apenas até às 5h ao longo da Caloirada aos Montes

A Associação Académica da UTAD em comunicado lamenta que a autarquia de Vila Real tenha reduzido em uma hora a programação da Caloirada aos Montes, dando autorização até às cinco horas.

Tradicionalmente as festas académicas decorrem até às 6 horas e o presidente da Associação Académica da UTAD, José Pinheiro, diz que esta decisão da autarquia vem trazer “vulnerabilidade ao trabalho dos núcleos de estudantes e compromete a gestão de eventos”

A AAUTAD espera que com as medidas implementadas pela organização os próximos eventos possam ter autorização da autarquia para serem realizados até às seis da manhã

 José Pinheiro garante que está tudo “a postos” para a melhor “Caloirada aos Montes de sempre”

No comunicado a AAUTAD refere que “não se revê nestas linhas orientadoras que surgem como limitações ao bom funcionamento de uma atividade histórica para a cidade”.

O comunicado dá conta ainda que “os estudantes, o pulmão financeiro da cidade de Vila Real, aqueles que dão vida e força, sentem-se injustiçados por lhes retirarem aquela que era apenas mais uma hora de diversão.”

Os estudantes dizem que “A UTAD é Vila Real e também gostávamos que Vila Real fosse a UTAD.”

Menu