39 milhões de euros para requalificar escolas na zona Norte – protocolos assinados ontem em Vila Real

O Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, esteve ontem em Vila Real onde assinou com os municípios da região Norte contratos de reprogramação do programa de fundos comunitários Portugal 2020, que vai permitir obras de beneficiação em 52 escolas, num investimento de 39 milhões de euros.

Tiago Brandão Rodrigues lembrou que este é um processo tripartido entre Ministério da Educação, Ministério do Planeamento e autarquias, permitindo assim a requalificação de escolas desde o pré-escolar até ao ensino secundário.

Uma das escolas que vai beneficiar com este contrato é a secundária de Mondim de Basto que ao fim de dois concursos públicos não conseguiu interessados em efetuar a obra, o que obrigou a autarquia a reformular o projeto e a solicitar um reforço de verba como referiu à UFM o autarca Humberto Cerqueira.

A requalificação da Escola Básica do Prado em Ferreiros e a construção do Centro Escolar de Lordelo foram dois dos projetos que a autarquia de Vila Real assinou ontem com o Ministério da Educação, tendo ficado ainda o compromisso de ser assinado em breve   um protocolo que vai permitir efetuar obras de beneficiação no Pavilhão Gimnodesportivo da Diogo Cão.

 Rui Santos, o autarca vila-realense, considera estes investimentos importantes para o concelho.

A reprogramação do PT2020, que atribuiu um total de 90 milhões de euros ao Ministério da Educação – que se somam aos 350 milhões de euros existentes em sede de programação (2014/2020), abrange escolas de todo o território.

Menu